Agora

6/recent/ticker-posts

Ad Code

Peru: Dina Boluarte assume a presidência, após impeachment de Pedro Castillo

 A vice-presidente Dina Boluarte assumiu a presidência do Peru, após o impeachment do Pedro Castillo por “incapacidade moral”. O esquerdista foi retirado do poder pelo Congresso com 101 votos a favor, 6 contra e 10 abstenções. Boluarte é a primeira mulher a assumir a presidência e a 6ª pessoa a ocupar o cargo desde março de 2018. O mandato terminará em julho de 2026.

Quando percebeu que seria cassado, Pedro Castillo impôs um autogolpe. Fechou o Congresso Nacional e anunciou em rede de rádio e televisão que passaria a governar por decreto até a convocação de uma Assembleia Nacional Constituinte. O golpista ficou pouco mais de uma hora no poder e foi preso após forte pressão democrática interna e externa.

Castillo está detido na prefeitura de Lima. O Procurador-Geral do Estado, Daniel Soria, apresentou uma denúncia criminal contra o golpista pela “prática dos delitos de sedição, abuso de autoridade e grave perturbação da tranquilidade pública”.

Festejado por Lula, que fez post elogioso no Twitter após o resultado da eleição peruana, Pedro Castillo assumiu o poder em julho do ano passado ao derrotar a candidata de direita Keiko Fujimori, filha do ex-ditador Alberto Fujimori.

Uma comissão do Congresso arquivou, nessa segunda-feira, dia 5, um pedido de impeachment contra Dina Boluarte por falta de evidências. Ela foi acusada de infração constitucional devido a uma denúncia da Controladoria por exercer um cargo em uma entidade privada mesmo após ocupar a vice-presidência, o que a lei peruana proíbe.

Castillo e Dina na posse da chapa


Ad Code