Header Ads

Desembargador defende volta ao trabalho e critica 'picaretas do fique em casa'

Discurso do desembargador Carlos Eduardo Contar, ao assumir a presidência do Tribunal de Justiça do Mato Grosso do Sul, dia 22 de janeiro. Em um trecho, diz: "Voltemos nossas forças ao retorno ao trabalho, deixemos de viver conduzidos como rebanho para o matadouro daqueles que veneram a morte, que propagandeiam o quanto pior melhor, desprezemos pois o irresponsável, o covarde e picareta da ocasião que afirma “fiquem em casa”, “não procurem socorro médico com sintomas leves”, “não sobrecarreguem o sistema de saúde”. 

É, paciência senhores, os tempos realmente são estranhos.

Mostremos nós trabalhadores do serviço público responsabilidade com os deveres e obrigações com aqueles que representamos, e por isto mesmo, retornemos com segurança, pondo fim à esquizofrenia e palhaçada midiática fúnebre, honrando nossos salários e nossas obrigações, assim como fazem os trabalhadores da iniciativa privada, que precisam laborar para sobreviver e não vivem às custas da viúva estatal com salários garantidos no fim de cada mês.

Leia a íntegra aqui: https://www.tjms.jus.br/webfiles/GP/noticiasArquivos/202101222100111.pdf



Deixe uma resposta