Header Ads

Em quatro estados, 29 pessoas são investigadas por tomar três doses de vacina possivelmente

Cidades do Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais e Paraná investigam ao menos 29 pessoas que teriam burlado o sistema de saúde para receber pela terceira vez uma dose de vacina contra a covid-19. O Ministério Público foi acionado e analisa a possibilidade de responsabilização criminal e civil.

Foto: reprodução.
O relato de maior repercussão ocorreu em Guarulhos, na Grande São Paulo. Uma veterinária exibiu em rede social os comprovantes de vacinação de duas doses da Coronavac (em fevereiro e março) e de uma dose da Janssen (na quarta-feira, dia 30). 

Professor de Direito Penal da Universidade Presbiteriana Mackenzie, Marco Aurélio Florêncio comenta que os principais enquadramentos discutidos pela Polícia Civil e pelo Ministério Público nesse tipo de caso são de falsidade ideológica, estelionato e infração a medida sanitária, diz o UOL.

Deixe uma resposta