Vídeo: sócio da Yacows confirma disparos para Meirelles e Haddad em 2018

Vídeo: sócio da Yacows confirma disparos para Meirelles e Haddad em 2018

O empresário Lindolfo Antônio Alves Neto, sócio da Yacows, confirmou, em depoimento à CPI das Fake News, na Câmara dos Deputados, que a empresa enviou mensagens em massa para Henrique Meirelles e Fernando Haddad em 2018. A mesma informa foi dada, na semana passada, pelo ex-funcionário Hans River Rio Nascimento na CPI.

“Pelo que já disponibilizamos a lista de clientes, temos o Henrique Meirelles. Ciro Gomes não me recordo de absolutamente nada e não está na lista. Fernando Haddad é um caso específico, porque uma agência que acredito que faça campanha para ele, já utilizava a plataforma e utilizou nossa ferramenta. Logo, diretamente não foi feito. Indiretamente, sim”, depôs Lindolfo.

Lindolfo foi convocado com base em requerimento apresentado pelo deputado Rui Falcão (PT-SP), que admitiu, ao tomar a palavra, que a campanha do PT fez disparos, mas dentro da lei.

COMENTÁRIO – A partir de agora, a CPI das Fake News precisa se debruçar sobre essa revelação de Lindolfo, principalmente depois de confirmada pelo deputado do PT. Instalada para perseguir o governo Bolsonaro, a CPI coloca em apurar é o petismo.

Acompanhe-nos pelo Facebook

Deixe seu comentário