Vídeo levanta suspeita de pessoas auxiliando Adélio no atentado contra Bolsonaro

Circula nas redes sociais um vídeo gravado antes do ataque ao então candidato Jair Bolsonaro, no qual uma ou mais pessoas procuram orientar Adélio Bispo.

Circula nas redes sociais um vídeo gravado antes do ataque ao então candidato Jair Bolsonaro, em Juiz de Fora, Minas Gerais. A gravação destaca alguém pedindo calma – “Calma, Adélio” – ao agressor confesso de Bolsonaro.

Antes desse apelo, há mais falas claras pronunciadas aparentemente por uma terceira pessoa: “Calma, rapaz. Não dá, agora. Tem que ter paciência, cara”.

Se já não fez, a Polícia Federal precisa periciar a gravação e, se for confirmada a autenticidade, ficará na obrigação de tentar identificar quem eram as pessoas que aparentemente auxiliaram o criminoso no atentado contra o então candidato do PSL à Presidência da República.

Lobo solitário?