Twitter censura Bolsonaro – Clesio.Net

Twitter censura Bolsonaro

O Twitter deletou, neste domingo (29), duas postagens do presidente Jair Bolsonaro, nas quais eram exibidos vídeos em que ele aparecia em conversa com comerciantes e ambulantes em cidades satélites de Brasília.

A censura atingiu um vídeo em que o presidente conversa com um vendedor de churrasquinho e outro em que visita um açougue. Nesta postagem anterior, mostramos parte do tour.

Nas conversas, o presidente defendeu a cloroquina e o isolamento vertical.

O ataque à liberdade de expressão é justificado para os usuários com argumento impreciso e genérico: “Este Tweet não está mais disponível porque violou as regras do Twitter”.

Deixe seu comentário