‘Tem de preparar a opinião pública’, diz Bolsonaro sobre Fundo Eleitoral

O presidente Jair Bolsonaro disse, nesta quinta-feira, que é preciso preparar a opinião para a decisão que terá de tomar sobre veto ou sanção do Fundo Eleitoral de R$ 2 bilhões aprovado pelo Congresso Nacional. Bolsonaro chamou a atenção especialmente para o artigo 85, da Constituição, que aponta os atos presidenciais passíveis de classificação como crime de responsabilidade.

O Fundo Eleitoral foi aprovado em dezembro. “O veto ou a sanção é uma obediência à lei. Se você for ler o Artigo 85 da Constituição, [vai ver que] se não respeitar a lei, estou em curso de crime de responsabilidade. O que posso dizer é isso. A conclusão agora é de vocês. Porque é o seguinte: tem de preparar a opinião pública. Caso contrário, vocês [da mídia] me massacram; arrebentam comigo”, disse Bolsonaro ao deixar o Palácio do Alvorada, a caminho do Palácio do Planalto.

O artigo 85 inclui entre os atos que podem ser classificados como crime de responsabilidade atentar contra a Lei Orçamentária e contra o livre exercício do Poder Legislativo, do Poder Judiciário, do Ministério Público e dos Poderes constitucionais das unidades da Federação.

Comentário – O financiamento público de campanhas eleitorais aparece em destaque entre os piores legados dos governos do PT. Usar o dinheiro do Orçamento, que poderia ser usado na saúde, educação, segurança, é um deboche às carências do país.

Deixe seu comentário