A imprensa internacional deu pouca ou nenhuma relevância, mas os franceses saíram às ruas pelo 63º sábado consecutivo no último dia 25.