O novelista Agnaldo Silva faz uma previsão viável sobre a chapa (vitoriosa nas primárias) encabeçada por Alberto Fernández, que tem como vice Cristina Kirchner.