Tabata propõe distribuição grátis de absorventes. Custo seria de R$ 5 bi por ano

Tabata propõe distribuição grátis de absorventes. Custo seria de R$ 5 bi por ano

A deputada Tabata Amaral, do PDT de São Paulo, protocolou um projeto de grande relevância para as mulheres: distribuição gratuita de absorventes, peças que seriam disponibilizadas em espaços públicos. Quando a mulher precisar, não irá à farmácia, mas a um espaço público, que a deputada não especifica quais seriam. Mas isso é apenas um detalhe, que pode ter ficado para a regulamentação.

Não é simples detalhe o custo para os cofres públicos. A revista Época fez um cálculo simples. Considerando que o Brasil tem mais de 210 milhões de habitantes, descontando crianças e mulheres que não menstruam mais, 105 milhões seriam mulheres que precisam de absorventes. Considerando o total de usuárias em potencial e o preço médio do produto, a revista chegou ao custo de R$ 5,25 bi por ano.

Separa 5 bi aí, Paulo Guedes!

Deixe seu comentário