Menu fechado

Sara Winter é transferida para penitenciária em Brasília

A ativista pró-família Sara Winter foi transferida da sede da Superintendência da Polícia Federal para a penitenciária feminina do Distrito Federal conhecida como Colmeia. De acordo com o secretário de Administração Penitenciária do DF, Adval Cardoso, Sara vai ficar isolada em uma cela.

Sara é uma das líderes do movimento Os 300 pelo Brasil. Na segunda-feira (15), a Polícia Federal prendeu Sara em investigação que apura possível financiamento de atos supostamente antidemocráticos.

Autorizada pelo ministro Alexandre de Moraes, a prisão é temporária, por cinco dias, mas pode ser prorrogada por mais cinco. Além da ativista, outras cinco pessoas foram alvos de mandado de prisão.

OS 300 DO BRASIL EM BRASÍLIA – O grupo liderado por Sara começou a se concentrar em Brasília no dia 1° de maio, segundo o Ministério Publico. Eles instalaram acampamento na Esplanada dos Ministérios. A Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal informou que, antes de desmobilizar as estruturas e determinar a saída dos manifestantes, fez “diversas tentativas de negociação”. Os integrantes, no entanto, insistiam em permanecer no local.

Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


2 + 3 =