Reforma administrativa acabará com aposentadoria para demitido por infração

Reforma administrativa acabará com aposentadoria para demitido por infração

O governo Jair Bolsonaro elabora a proposta de reforma administrativa a ser enviada ao Congresso Nacional. O governo mira o que considera excessos de vantagens que beneficiam carreiras de servidores.

Veja os principais pontos:

  1. Fim dos reajustes salariais retroativos.
  2. Fim das promoções por tempo de serviço.
  3. Demissão por infração disciplinar não terá aposentadoria.
  4. Férias de 30 dias para todos os servidores (menos juízes, procuradores e parlamentares, porque somente o Parlamentar pode definir alterações para esss categorias).
  5. Concursados só serão efetivados depois de dois ou três anos(indefinido ainda) de trabalho.

Deixe seu comentário