Ministro Salvini agradece a Bolsonaro pela prisão de Battisti

‘Cesare Battisti deve apodrecer na cadeia até o fim de seus dias’, disse o ministro do Interior italiano.

O ministro do Interior, Matteo Salvini, da Itália, saudou, no Twitter, a prisão do terrorista Cesare Battisti e agradeceu às polícias italiana e brasileira e ao presidente Jair Bolsonaro.

“Grande obra das agências de aplicação da lei italiana e brasileira. Tenho que agradecer @jairbolsonaro. Eu acho que é realmente um dia de justiça para as vítimas e suas famílias. Cesare Battisti deve apodrecer na cadeia até o fim de seus dias”, disse.

Battisti foi preso na madrugada de sábado (11) em Santa Cruz de La Sierra, importante centro comercial, financeira e industrial da Bolívia. O terrorista fugiu do Brasil em 14 de dezembro de 2018, quando o então presidente Michel Temer decretou sua extradição para a Itália.

O terrorista foi condenado à prisão perpétua na Itália, acusado de envolvimento no assassinato de quatro pessoas, quando lutava contra a democracia naquele país, integrado ao grupo Proletários Armados pelo Comunismo.