Lula se entrega à Polícia Federal

O ex-presidente Lula, condenado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso do tríplex do Guarujá (SP), entrega-se à Polícia Federal. A prisão ocorreu às 18h45min, do dia 07 de abril de 2018, depois de passar dois dias recolhido à sede do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo do Campo, São Paulo. O juiz Sérgio Moro, da Justiça Federal de Curitiba, havia concedida à deferência de o ex-presidente apresentar-se espontaneamente à Polícia Federal até às 17h do dia 06 de abril, mas o condenado não se utilizou dessa possibilidade.

Lula está sendo levado para a Superintendência da Polícia Federal, em São Paulo, onde fará exame de corpo de delito. O exame demora cerca de 10 minutos. Depois o condenado será levado de helicóptero para o Aeroporto de Congonhas, e, em seguida, conduzido em avião da PF para Curitiba. Na Capital do Paraná, Lula cumprirá pena de 12 anos e 1 mês, recolhido a uma cela especial na sede da Superintendência da Polícia Federal.