Guiadó rejeita ‘diálogo falso’ – ClesioNet

Guiadó rejeita ‘diálogo falso’

‘Que o usurpador deixe o cargo, se estabeleça um governo de transição e tenhamos eleições livres’, discursou o autoproclamado presidente da Venezuela.

Nenhum “diálogo falso” com o ditador Nicolás Maduro. Essa é a decisão do presidente interino da Venezuela, Juan Guaidó. Na sexta-feira, Maduro se disse disposto ao diálogo e à negociação, certamente, segundo Guaidó, com o objetivo de ganhar tempo no poder.

Guaidó participou de ato em Caracas. “Que o usurpador [Maduro] deixe o cargo, se estabeleça um governo de transição e tenhamos eleições livres. [Eles] creem que vamos nos cansar, que os protestos vão se desinflar. Mas, aqui, nada se cansa, nem se rende”, discursou.