Bolsonaro chama de ‘jornalismo envergonhado’ matéria do JN com a conclusão pericial sobre a voz do porteiro

Bolsonaro chama de ‘jornalismo envergonhado’ matéria do JN com a conclusão pericial sobre a voz do porteiro

O presidente Jair Bolsonaro compartilhou, na manhã desta quarta-feira (12), a íntegra da reportagem do Jornal Nacional dessa terça-feira sobre a conclusão pericial de que a voz do porteiro que anunciou a chegada de Élcio Queiroz ao condomínio Vivendas da Barra, no Rio, no dia do assassinato de Marielle e seu motorista, não é a do porteiro que mencionou o presidente Jair Bolsonaro aos investigadores em dois depoimentos e que depois voltou atrás, dizendo que tinha se enganado. O presidente tem uma casa no condomínio. Élcio Queiroz é um dos acusados do duplo assassinato e entrou no condomínio para se dirigir à casa de Ronnie Lessa, outro acusado.

O presidente se refere à matéria como “jornalismo envergonhado” e diz que “a tentativa de associar Jair Bolsonaro à morte de Marielle é mais um escândalo da TV Globo, associada ao que há de mais sujo na investigação feita pelo governo do Rio de Janeiro”.

Assista à reportagem postada por Bolsonaro em sua conta no YouTube.

Deixe seu comentário