Battisti deve ser levado direto da Bolívia para a Itália

As autoridades bolivianas descartaram o retorno do terrorista ao Brasil para ser levado daqui para a Itália.

As autoridades da Bolívia descartaram o retorno de Cesare Battisti para o Brasil, de acordo com o Estadão. Fontes da Polícia Federal brasileira dizem, agora, que o terrorista deverá seguir do país em que foi preso diretamente para a Itália. Mas não há decisão final.

Battisti foi preso na noite de sábado em Santa Cruz de La Sierra, importante centro comercial, financeira e industrial da Bolívia. Ele fugiu do Brasil em 14 de dezembro de 2018, após o então presidente Michel Temer decretar sua extradição.

O terrorista foi condenado à prisão perpétua na Itália, acusado pelo assassinato de quatro pessoas, quando lutava pela implantação do comunismo naquele país.

COMENTÁRIO – As constantes mudanças de planos para retirada do criminoso da Bolívia já causa estranheza entre observadores da política internacional.