‘Abin paralela é calúnia de repórter vagabundo’, diz general Heleno à Crusoé

‘Abin paralela é calúnia de repórter vagabundo’, diz general Heleno à Crusoé

O ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional, general Augusto Heleno, debateu com as palavras certas a reportagem da revista Crusoé sobre uma suposta Abin paralela: “Abin paralela é calúnia de repórter vagabundo”.

O general disse que despacha diariamente com o diretor da Abin, Alexandre Romagem. “Nada ocorre sem meu conhecimento. Parem de trabalhar contra o Brasil”, disparou.

“De novo, a revista Crusoé publica um artigo leviano”, diz Augusto Heleno. “Liberdade de imprensa exige honestidade e ética”, disse.

Print General Heleno

O presidente Jair Bolsonaro usou os comentários para mandar “um abraço” ao general Heleno.

Deixe seu comentário